ONGs exigem que Nova Zelândia não barre negociações do Protocolo de Biossegurança

Notícia - 14 - mar - 2006

Confira abaixo íntegra da declaração das ONGs endereçada à primeira ministra da Nova Zelândia, Helen Clark:

DECLARAÇÃO GLOBAL DAS ONGs

Nova Zelândia bloqueará o "Acordo de Curitiba"?

ONGs do mundo incitam Nova Zelândia a começar a negociar

Curitiba, Brasil, quarta-feira, 15 de março de 2006 - Uma coalizão global das ONGs incitaram, hoje, a Nova Zelândia a parar de bloquear as negociações no encontro do Protocolo de Biossegurança. A delegação da Nova Zelândia se recusou veementemente a discutir ou explicar sua posição sobre todas questões de identificação e documentação dos carregamentos internacionais de commodities geneticamente modificadas para a alimentação humana e animal.

No encontro de biossegurança anterior em junho de 2005, Nova Zelândia e Brasil se opuseram ao consenso internacional sobre o acordo que permite que países implementem regulações nesses carregamentos. O Brasil agora demonstrou sua disposição, como uma parte responsável, a negociar construtivamente essas questões. Porém, a Nova Zelândia continua bloqueando as iniciativas propostas pelo Brasil e outros países.

As leis de importação da própria Nova Zelândia são umas das mais rigorosas do mundo. A respeito de OGMs, a Nova Zelândia tem um limiar zero de contaminação, não permite "presença adventícia" e fornece um rótulo compreensível para o consumidor. Por que este país está impedindo que outros tenham padrões rigorosos similares?

As ONGs encorajam cidadãos do mundo todo a fazer objeção a esses padrões duplos entrando em contato com o escritório da Primeira Ministra da Nova Zelândia, Helen Clark. Seu email é .

Entre as organizações que endossam esta declaração estão:

Friends of the Earth International

Greenpeace

Ecoropa

Washington Biotechnology Action Council

Association for Organic Agriculture (Brasil)

Terra de Direitos (Brasil)

ASPTA (Brasil)

Third World Network

Consumers International

Fundacion Sociedades Sustentables (Chile)

RAPA Re de Accion en Agrotoxicos de America Latina

Global Justice Ecology Project