“Encha o Sac da Bunge” na Praia de Ipanema

Notícia - 21 - ago - 2005


Depois de ir a Porto Alegre e a Campos do Jordão, o Greenpeace levou a Campanha "Encha o Sac da Bunge" para a Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. Durante o fim de semana, dias 20 e 21, a equipe de Engenharia Genética esteve próxima ao posto 9 para incentivar os cariocas a questionarem a Bunge sobre o uso de transgênicos em seus produtos. A atividade dá seqüência aos outdoors publicados na cidade no final de junho nos bairros Caju, Botafogo e Humaitá.

No sábado e no domingo, os voluntários distribuíram 300 Guias do Consumidor, com a lista de produtos da Bunge que podem conter transgênicos. Segundo pesquisa Iser/2004, mais de 70% dos brasileiros não querem consumir alimentos geneticamente modificados, por isso, os consumidores foram convidados a participar do abaixo-assinado em forma de pratinho, totalizando 500 assinaturas em protesto à Bunge. Também foram distribuídas bexigas com o logotipo do Greenpeace e a inscrição "Não como transgênicos" a cerca de 900 crianças.

A campanha está sendo realizada porque a Bunge adota duplo padrão em seu relacionamento com seus clientes. Apesar de ter uma linha certificada de produtos não-transgênicos, que é destinada a clientes com exigências específicas por soja e farelo de soja convencional, a empresa não tem a mesma transparência com o consumidor final. Não oferece nenhuma informação sobre a origem da matéria-prima utilizada na fabricação de óleos, margarina e maionese.